Resumo do XI Encontro do Grupo de Usuários de Python de Pernambuco

Olá pessoal,

Hoje tivemos a oportunidade de realizar o XI Encontro do Grupo de Usuários de Python de Pernambuco (PUG-PE) nas dependências do Instituto Federal de Pernambuco (IFPE),  conhecido antigamente como CEFET em Recife -PE.

O nosso XI encontro contou com o apoio com toda a infra-estrutura do IFPE onde tivemos hoje um evento bem completo com cerimonial, coffee breaks, Dojos, sorteios de brindes, palestras e muita troca de idéias e networking.

Primeiramente, antes de iniciarmos o resumo deste encontro, gostaríamos de agradecer aos patrocinadores do evento: a  startup Orygens,  a startup Idealizza, a startup Hostech e à  IFPE. Também agradecemos à Google, Instituto Nokia de Tecnologia e à Triveos pelos brindes fornecidos para o nosso encontro.

Começamos o encontro no mini-auditório do IFPE, onde contamos com a participação satisfatória de pessoas, em especial, alunos do próprio instituto em conhecer a plataforma Python. Abaixo algumas fotos do público presente em nosso encontro:

 

Público no XI Encontro  do PUG-PE

Público no XI Encontro do PUG-PE

 

Público para o XI Encontro do PUG-PE

Público para o XI Encontro do PUG-PE

Nosso encontro foi aberto pelo coordenador do IFPE que com as suas palavras solenes contou um pouco da história do IFPE e as experiências com os primeiros computadores que chegaram no IFPE, que na época eram computadores jurásicos em comparação aos atuais!

 

Diretor do Instituto Federal de Pernambuco abrindo o evento

Diretor do Instituto Federal de Pernambuco abrindo o evento

 

De praxe, começamos com a palestra de Marcel Caraciolo (@marcelcaraciolo)  com  a sua palestra institucional sobre ‘O que é  o PUG-PE’.  Uma palestra bem dinâmica e motivacional para mostrar em especial aos novatos sobre as atividades correntes do grupo e incentivar o pessoal a participarem do grupo.  O que nos deixa muito alegres são a quantidade de atividades paralelas que estão sendo desenvolvidas como desafios, dojos, mini-cursos, palestras, etc.  Isto mostra a força da comunidade e como ela está disposta em manter essa chama aberta e como Python tem despertado o interesse de muitos não somente pela sua simplicidade mas pelo seu caráter altamente colaborativo, incentivando a todos a desenvolverem projetos poderosos com poucas linhas de código e alta produtividade. Abaixo algumas fotos da palestra de Marcel:

 

Marcel Caraciolo apresentando o que é o PUG-PE

Marcel Caraciolo apresentando o que é o PUG-PE

 

Marcel Caraciolo falando sobre as visões do PUG-PE

Marcel Caraciolo falando sobre as visões do PUG-PE

Os slides da sua apresentação aqui:

A próxima palestra foi  ministrada pelo nosso recém-chegado membro do PUG-PE Victor Casé (@casevictor), estudante de engenharia da computação do CIN/UFPE que conheceu Python no último encontro e desde então se apaixonou pela linguagem, exibindo seus experimentos usando Arduino e Python. Uma palestra extremamente educativa e totalmente prática, onde ele demonstrou lá no ato seus experimentos fazendo acender leds com arduino e até enviando comandos via Twitter para acendê-los e apagá-los.  Uma palestra para todos apaixonados por hardware que babaram pelo poder de uma plaquinha que é capaz de ser aplicado em diversos nichos como automação, controle, robótica, etc.   Recomendo a todos!!

Seguem algumas fotos da apresentação do Victor:

 

Victor Case apresentando sobre Python e Arduino

Victor Case apresentando sobre Python e Arduino

 

 

Victor fazendo seus experimentos com o Arduino

Victor fazendo seus experimentos com o Arduino

Segue a apresentação do Victor para visualização:

Tivemos um breve intervalo, onde é considerada a parte de forrarmos a barriga com um coffebreak e a troca de networking e a discussão de idéias entre os presentes. Sem dúvidas um momento muito legal de nossos encontros.

Após o intervalo, tivemos a palestra do nosso membro bem ativo em nosso grupo o Nielson Santana (@nielsonnas), que palestrou sobre o  framework web em Python Pyjamas que roda em cima do framework para web GWT mantido pelo Google.  Pyjamas tem diversas aplicações muito interessantes, em especial destaco a forma de programação que é por uso de componentes que é bem similar como ao desenvolvimento de uma interface para Desktop. A manipulação de JavaScript também é um dos pontos fortes do Pyjamas, onde vc programa em Python e manipula todo o JavaScript por baixo, isto é os componentes GWT.

As demonstrações também interessantes , especialmente a ferramenta educacional desenvolvida por Nielson para ensinar estudantes matemática de uma maneira simples. Este trabalho rendeu uma aplicação rica em interface para ensino de matrizes.  Vale a pena dar uma olhada! Toda feita com Pyjamas!

 

E-math: Plataforma para ensino de Álgebra com Pyjamas

E-math: Plataforma para ensino de Álgebra com Pyjamas

Abaixo algumas fotos da apresentação do Nielson:

 

Nielson Santana apresentando sobre o Pyjamas

Nielson Santana apresentando sobre o Pyjamas

 

Nielson apresentando sobre o Pyjamas

Nielson apresentando sobre o Pyjamas

Apresentação do Nielson disponível também para visualização:

Após nossas palestras de longa duração, tivemos o nosso II Toró de palestras, nome dado às famosas palestras relâmpago muito conhecidas em eventos de software livre. São palestras rápidas de no máximo 5 a 10 minutos sobre um determinado conteúdo. O objetivo é em poucas horas apresentar vários conteúdos distribuídos em diversas temáticas. Às vezes temos algum projeto pessoal, uma idéia ou qualquer tipo de apresentação que não leva mais de 5 minutos para apresentar, este é um excelente momento.

Abaixo algumas fotos da palestra de Marcel Caraciolo apresentando sobre o que é o Toró de Palestras. A apresentação segue logo depois.

 

Marcel Caraciolo apresentando o Toró de Palestras

Marcel Caraciolo apresentando o Toró de Palestras

Marcel apresentando sobre Palestras Relâmpago

Marcel apresentando sobre Palestras Relâmpago

Depois tivemos uma palestra sobre as diferenças entre o Python 2.x e o Python 3.x. Uma palestra muito esperada em nossos encontros onde Marcel Caraciolo, Daker Fernandes (@dakerfp) e Thaís Bione (@thais_bione) apresentaram sobre novas funcionalidades e diferenças ao usar o Python 3.x.  Vale a pena conferir os slides abaixo, que nos apresenta algumas diferenças significativas, mas que sem dúvidas elevaram a qualidade da linguagem deixando-a mais consistente e eficiente tanto para ensino de programação como em quesitos de desempenho.

Abaixo algumas fotos das apresentações de Marcel , Daker e Thaís:

 

Marcel Caraciolo apresentando sobre o Python 3.x

Marcel Caraciolo apresentando sobre o Python 3.x

Thais Bione apresentando sobre o Python 3.x

Thais Bione apresentando sobre o Python 3.x

Daker Fernandes apresentando sobre o Python 3.x

Daker Fernandes apresentando sobre o Python 3.x

Os slides estão disponíveis aqui:

Por fim finalizamos nossa manhã com 2 palestras seguidas do nosso membro Guilherme Medeiros (@frenetic_br) que apresentou Python: Canivete Suíço e Python no Ensino da Programação com o pacote tkinter.turtle.   Palestras bem cômicas e irreverentes que apresentaram a experiência do mesmo em seu projeto de conclusão de curso com Python, contando os desafios e a soluções encontradas durante o desenvolvimento e como usar python para ensino de programação em especial para crianças com o pacote gráfico turtle. Sempre me esqueço desse poderoso pacote existente no Python que permite ensinar até crianças a lógica de programação. Por isso, que Python sempre nos surpreende com seus kits legais escondidos!

 

Guilherme Medeiros preparando sua apresentação

Guilherme Medeiros preparando sua apresentação

Durante a manhã nós tivemos o sorteio de diversos brindes, em especial destaco o sorteio de uma caneca do PUG-PE recém inaugurada,  adesivos do Google e um livro especialmente cedido pelo nosso colega e eterno membro Osvaldo Santanna, autor do livro Python e Django, uma excelente referência na língua portuguesa para qualquer um que esteja começando a desenvolver Python para Web com o framework Django.  Abaixo algumas fotos dos sorteados!  Também prestramos uma homenagem à nossa primeira palestrante feminina Thaís Bione, que serviu de inspiração para outros membros femininos do nosso grupo e que pôs muito marmanjo no bolso!

 

Sorteio da Caneca do PUG-PE

Sorteio da Caneca do PUG-PE

Entrega de brindes para nossa I Palestrante Feminina do PUG-PE

Entrega de brindes para nossa I Palestrante Feminina do PUG-PE

Entrega do sorteio do livro Python e Django

Entrega do sorteio do livro Python e Django

 

À tarde voltamos com o nosso III Coding Dojo onde junto aos alunos do IFPE, resolvemos um problema de computação usando técnicas de TDD (Desenvolvimento Orientado a Testes), Python e  testes unitários. Começamos com uma breve introdução ao Coding Dojo e ao TDD com o membro Rodrigo Vieira (@rodrigo3n)  para o pessoal se ambientar um pouco com o dojo e suas práticas.

Segue a apresentação sobre TDD.

O piloto responsável por guiar o pessoal foi o Luciano Rodrigues (@lucrodsilva) que foi ambientando o pessoal com a plataforma e a linguagem. Fomos resolver um problema bem simples devido ao nosso curto tempo disponível que foi um gerador de amostras bem similar ao comportamento da função sample existente no módulo random. Você pode encontrar mais detalhes sobre o problema solucionado neste link.

Conseguimos resolver o nosso problema com sucesso, onde chegamos até refatorar a fim de avaliarmos possíveis forma de otimizar seu desempenho. Acreditamos a chegar uma solução satisfatória. O mais legal foi ver os alunos se envolvendo e até sentando na nossa ‘cabine’ de programação e exibindo novas soluções para o problema apresentado. A nossa solução pode ser encontrada neste link no Github. Abaixo algumas fotos do nosso Coding Dojo.

 

III Coding Dojo - Python no IFPE

III Coding Dojo - Python no IFPE

III Coding Dojo no IFPE

III Coding Dojo no IFPE

E assim finalizamos o nosso XI Encontro do Grupo de Usuários de Python de Pernambuco, um dia repleto de atividades, discussões e muita troca de conhecimento.  Agradecemos a todos os presentes , ao prof. Marcos e toda a equipe do IFPE que nos apoiou durante todo o dia para a organização de encontro sensacional.   Quero destacar meus parabéns especiais à nossa designer de plantão Deborah Medeiros e ao nosso webdesigner Gregório Neto pela página do hotsite que foi muito elogiada pelos membros do grupo.

Por fim nós finalizamos com a foto tradicional do fim do encontro, juntando os presentes para a foto celebrando a realização de mais um encontro da nossa célula.    Aos que não compareceram, se alegrem pois filmamos todo o encontro!  Em breve disponibilizaremos em nosso canal de vídeos, os vídeos de todas palestras filmadas!

 

Galera no XI Encontro do PUG-PE

Galera no XI Encontro do PUG-PE

Galera após o XI Encontro do PUG-PE

Galera após o XI Encontro do PUG-PE

É isso , até o próximo encontro!

Link para fotos.

Atenciosamente,

Marcel Caraciolo

Links para os assuntos comentados

Resumo do X Encontro do Grupo de Usuários de Python de Pernambuco

Olá pessoal,

Nesta última semana realizamos o nosso X Encontro do Grupo de Usuários de Python de Pernambuco (PUG-PE), marcando o retorno dos encontros mensais para este ano de 2011. Nosso encontro foi dividido em 2 dias, o primeiro dia focado mais na apresentação e introdução da plataforma Python e o segundo dia mais em cases e projetos de empresas pernambucanas que usam Python no seu dia-a-dia.  O encontro foi sediado na Livraria Cultura no Recife Antigo, pólo de tecnologia de empresas e startups em Pernambuco.

Este evento teve um diferenciação em relação aos outros encontros, pois teve o apoio de 7 empresas pernambucanas que usam ou pretendem usar Python em seus projetos. Um fator decisivo em especial que atraiu um público recorde em relação a todas edições do encontro já realizadas.  As empresas Idealizza (@idealizza),  Tempest (@tempest_sec), Orygens (@orygens), AiBOX , CITI (@radarciti), REDU e a empresa Mameluco apoiaram este encontro, incluindo também a nossa parceira que forneceu o servidor para hospedagem do nosso hotsite Hostech e a Gráfica Santa Cruz pela parte de divulgação.

O nosso primeiro dia (09/02) tivemos as apresentações introdutórias de Python. Com o auditório praticamente lotado (mais de 80 pessoas no local), Marcel (@marcelcaraciolo) iniciou a sua palestra ‘Apresentando Python e Por que ela importa ?’ Ele apresentou  o que é a plataforma, como iniciar e os fatores decisivos de porque deve-se levar em conta Python como uma opção de plataforma para desenvolvimento de aplicativos em diversos nichos.  Vale destacar também a apresentação de um vídeo que ele demonstrou contado a evolução da história do Grupo PUG-PE,  a partir do número de membros novos na lista de discussão desde 2007. Ficou claro que em 2010 foi o ano do grupo, com mais encontros, cursos e palestras realizadas!

Abaixo algumas fotos do público no I Dia do Encontro e Marcel Caraciolo apresentando sua palestra.

Público se acomodando no I Dia do X Encontro do PUG-PE

Público se acomodando no I Dia do X Encontro do PUG-PE

Público do X Encontro do Grupo de Usuários de Python de Pernambuco

Público do X Encontro do Grupo de Usuários de Python de Pernambuco

Abaixo o vídeo apresentado e os slides da sua apresentação:

 

Marcel apresentando o PUG-pE

Marcel apresentando o PUG-pE

 

Marcel Caraciolo apresentando Python

Marcel Caraciolo apresentando Python

 

A segunda palestra foi ministrada pelo membro Luciano Rodrigues (@lucrodsilva) que apresentou ‘Conhecendo Python: Mostrando dicas e macetes’.  Luciano apresentou durante 1 hora na prática as funcionalidades e características de Python usando o interpretador.  Sem dúvidas um ponto forte deste dia a fim de demonstrar os poderes e facilidades que Python oferece durante o desenvolvimento. Abaixo seguem algumas fotos da palestra de Luciano Rodrigues:

 

Luciano Rodrigues apresentando Python na Prática

Luciano Rodrigues apresentando Python na Prática

Nossa última palestra do I Dia foi ministrada pelo nosso membro e também sempre o mais irreverente do PUG-PE Brunno Gomes (@brunnogomes) que apresentou  Python Extreme Go Horse: Construindo Aplicativos Python em 30 minutos.  Brunno demonstrou a prática de programação XGH (Extreme Go Horse) onde desenvolveu um sistema de sorteio de usuários a partir da lista dos seguidores do canal @pugpe do Twitter.  Utilizando de plataformas como Django, Twitter API, etc ele fez em 30 minutos um simples aplicativo de sorteio que deixou muita gente impressionado com a rapidez de desenvolvimento de um aplicativo Web com a plataforma Python.

Abaixo alguma imagens da apresentação do Brunno Gomes e a metodologia adotada XGH:

Link p/ download: download código

Brunno Gomes se preparando para sua palestra Python Go Horse

Brunno Gomes se preparando para sua palestra Python Go Horse

E assim terminamos o I Dia. Destacamos também o sorteio de camisas entre os presentes no público e a satisfação do público do I Dia ter atendido os objetivos pretendidos.

Entramos agora no II Dia do Encontro. Infelizmente este dia começamos com algumas complicações, o que retardou  o início do nosso encontro (na verdade foi um choque de horários), mas nada que prejudicasse o andamento do II Dia do Encontro.  Infelizmente tivemos que sacrificar uma de nossas palestras, então a palestra de Rafael Carício (@rafaelcaricio) com o tema “Desenvolvendo Redes Sociais com Django para Web” foi adiada para um próximo encontro.  Mesmo com esses pequenos incidentes, o evento ocorreu em sua totalidade com uma recepção fantástica do público, que novamente lotou o auditório da Livraria Cultura.

Público no II Dia do X Encontro do PUG-PE

Público no II Dia do X Encontro do PUG-PE

Público do X Encontro do PUG-PE

Público do X Encontro do PUG-PE

Neste dia tivemos também a comemoração de I Ano de Encontros do Grupo de Usuários de Python de Pernambuco (PUG-PE) com uma torta especialmente encomendada para ocasião.  Abaixo a foto da nossa torta:

Bolo comemorativo de I Ano de Encontros do PUG-PE

Bolo comemorativo de I Ano de Encontros do PUG-PE

Começamos com a palestra de Flávio Juvenal (@flaviojuvenal) com a palestra ‘ Desenvolvendo aplicativos Web com o Google Appengine’.  Uma palestra bem interessante da empresa Mameluco que está lançando na próxima semana sua rede social focada para descoberta de eventos : Social Cats (@social_cats).  Quero destacar que esta empresa é formada por alunos do Centro de Informática da Universidade Federal de Pernambuco e que aprenderam Python em uma disciplina entitulada ‘Projetão’ o qual devem desenvolver um projeto com plano de negócios, pesquisa de mercado, etc.  Eles aprenderam Python por conta própria e o resultado foi tão bom que o projeto deles foi um dos finalistas do Desafio ‘Eu Empreendo’ da Campus Party deste ano.   Fotos e material da apresentação deles se encontra abaixo:

 

Flávio e Eduardo apresentando sobre o Google AppEngine

Flávio e Eduardo apresentando sobre o Google AppEngine

 

Apresentação sobre o AppEngine - Social Cats

Apresentação sobre o AppEngine - Social Cats

 

Código-fonte exemplo da Apresentação para download.

 

A segunda palestra foi ministrada por Renato Bezerra, Coordenador da Gestão de Logs e Eventos da empresa Tempest, o qual apresentou a Ferramenta  Scapy, que é uma biblioteca para monitoramento de pacotes de rede. Sua palestra foi bem interessante, em especial quando mostrou na prática ao vivo um ataque usando um sniffer espião de conversas do mensageiro MSN  todo escrito em Python por meio desta ferramenta. Isto mostra que Python está também inserido em diversas áreas, inclusive em segurança de rede.   Abaixo algumas fotos da sua palestra:

 

Renato Apresentando o Scapy

Renato Apresentando o Scapy

 

Renato apresentando a Ferramenta Scapy

Renato apresentando a Ferramenta Scapy

Renato já disponibilizou seus respectivos projetos como open-source para quem quiser contribuir :  Pymsn e  PyArpSpy.

A última palestra do dia foi ministrada pelos desenvolvedores do Instituto Nokia de Tecnologia Daker Fernandes (@dakerfp) e Lauro Moura (@lauromoura) com a apresentação sobre Interfaces Gráficas com QML e Python. Sem dúvidas uma excelente palestra para demonstrar o que é possível fazer com esta linguagem de marcação baseada em JavaScript chamada QML  por meio da construção de interfaces ricas e dinâmicas.  Com o uso do framework que eles estão desenvolvendo junto à Nokia: o PySide eles poderão construir aplicativos bem poderosos e multi-plataforma utilizando a plataforma QT que é mantida junto à Nokia.

Abaixo fotos das palestra do pessoal do Instituto Nokia de Tecnologia:

 

Daker e Lauro Moura apresentando PySide e QML

Daker e Lauro Moura apresentando PySide e QML

Lauro Moura falando sobre PySide e QML

Lauro Moura falando sobre PySide e QML

Link para documentação e start guide em QML.

O desfecho do nosso encontro foi realizado fora da Livraria Cultura, onde conseguimos montar uma Hora Extra improvisada (Que bateu recorde de público também com 10 pessoas) e cantamos parabéns e partimos o bolo em homenagem ao nosso I ano de encontros realizados. O encontro foi marcado uma conversa descontraída, em especial pelas frases marcantes do nosso membro Guilherme Medeiros (@frenetic_br) , eleito o nosso membro trollador de 2010 (rs).   Abaixo algumas fotos deste encontro:

 

Hora Extra do PUG-PE

Hora Extra do PUG-PE

Marcel partindo o bolo comemorando I Ano de Encontros do PUG-PE

Marcel partindo o bolo comemorando I Ano de Encontros do PUG-PE

E assim finalizamos o nosso X Encontro do Grupo de Usuários de Python de Pernambuco. Acreditamos que o evento tenha atingido seus objetivos iniciais que era a atração de mais desenvolvedores, acadêmicos, entusiastas e profissionais para o conhecimento da plataforma Python, a construção de um networking e promoção da discussão sobre tecnologia e software livre. Eventos deste tipo em Pernambuco, sobre tecnologia, ainda carecem nosso estado e acreditamos que o nosso evento está preenchendo um pouco dessa lacuna existente.

Agradecemos a todos presentes e aos nossos membros voluntários que nos ajudaram neste encontro, em especial cito Luciano Rodrigues, Neto Ferraz, Daker Fernandes, Brunno Gomes e Guilherme Medeiros por aturarem os e-mails contínuos do membro Marcel Caraciolo. Sem dúvidas, um evento com muito trabalho mas com resultado extremamente recompensante.  Vemos isto hoje na lista de discussão do grupo depois deste encontro: a quantidade de posts com diversas atividades relacionada à Python triplicou!

Muitas novidades estão por vir ainda este ano e já uma movimentação de membros do Grupo PUG-PE que já estão se mobilizando em fazer parceria com outros grupos da região Nordeste (Será um encontro Nordestino dessa vez?! Quem sabe?!) .   Para os que não foram não se preocupem,  postaremos os vídeos das palestras assim que tiverem disponíveis.  E para os que desejarem participar, próximo mês tem mais!  XI Encontro do Grupo está já em construção, então fiquem de olho!

PS: Esse encontro também foi dedicado especialmente também ao nosso membro e presidente da Associação Python Brasil Dorneles Tremea que faleceu recentemente em um trágico acidente. Valeu Deo, você também fez parte disto! Ele nos ajudou em especial na migração bem rápida do domínio do pug-pe para o subdomínio do python.org.br para nosso encontro.

Atenciosamente,

Marcel Caraciolo

Membro e Moderador do  PUG-PE

Links para os assuntos comentados

Resumo V Encontro PUG-PE

Olá pessoal,

Neste sábado (03/07) realizamos o nosso quinto encontro mensal dos usuários Python de Pernambuco. Neste encontro, todos saíram, acredito, extasiados com volume de informação e especialmente com a flexibilidade e extensão de Python. Chegamos à conclusão que Python tem uma fama de ser ‘enxerido’, por que?  Vejamos, saímos no início do encontro de Python com .NET, pincelamos Python aplicado na área de reconhecimento de gestos e por fim, Python com Twitter e Padrões de Projeto com Python. Como falei, Python sempre arrumando seu lugar em todas plataformas!

Vamos ao que interessa, desta vez nosso encontro foi sediado na Escola Politécnica de Pernambuco (POLI), diferente das outras edições. Os agradecimentos especiais aos que fizeram isso possível: ao Prof. Gustavo e ao Rodrigo Lira (@rodrigoclira).  Como de praxe, abrimos com aquela conversa inicial falando um pouco sobre o grupo, as atividades e a roda de apresentações, em especial dos novatos presentes!

A primeira apresentação foi ministrada pelo Tiago Bockholt, o qual apresentou sobre Iron Python, que é um framework open-source que roda em cima do .NET. Uma palestra bem técnica, mostrou como você pode escrever programas .NET que rodam nas plataformas da Microsoft com Python. Tivemos algumas discussões boas sobre compiladores onde discutimos como funciona a integração do Python com o framework.  Tiago apresentou também alguns exemplos em execução e o mais legal revelando a possibilidade de codificar python no Visual Studio inclusive, construindo componentes gráficos do Windows com o designer gerando código em Python. Uma excelente opção para quem precisa construir aplicativos desktops para o Windows e precisam de uma GUI e não precisam sair de Python. Logicamente, há alguns bugs mas que não tira o brilho da linguagem e seu potencial nas plataformas Microsoft. A apresentação está disponível abaixo.


Download direto

A próxima apresentação foi sobre o projeto Open-Allure, um projeto muito interessante e inovador escrito em Python focado na área de inteface humano-computador. De acordo com o fundador (John Graves), este projeto visa desenvolver novas maneiras de compartilhar conteúdo  de forma colaborativa, em especial por meio de diálogos interativos. Por meio dos gestos: visão, tato, etc., o sistema consegue reconhecê-los e interpretá-los criando uma interação  com usuário com feedback personalizado. O projeto está ainda em construção, mas tem uma pegada muito forte. E o mais interessante, de acordo com o John, esta primeira versão foi escrita em apenas 3 meses. Se vocês olharem as demonstrações, são incríveis! Por meio do intermédio de Marcel (@marcelcaraciolo) conseguimos ter a possibilidade de interagir com John, e inclusive poder participar na construção e melhoria do projeto. Isso nos chega ao Nielson Santana (@nielsonnas) , que apresentou o Open-Allure e falou sobre seu projeto em como aplicá-lo numa escola pública que ele é monitor. O seu projeto foca no ensino escolar de uma forma interativa, o qual permite crianças e jovens aprenderem de uma forma intuitiva por meio do uso de computadores. E nada melhor do que a interação por meio de gestos, promovendo o desenvolvimento da criança por meio dos seus sentidos: tato, visão, ofalto de uma forma divertida e enriquecedora!  Nilson pretende usar o Open-Allure em seu projeto para promover o ensino da língua portuguesa e matemática a crianças da escola pública, tornando o computador a ser uma peça adicional no processo educativo e facilitador aos doutrinadores. Ele inclusive demonstrou alguns demos do Open Allure, onde os presentes interagiram por meio de gestos. Tivemos até um exemplo de jogar Tic-Tac-Toe com um dedo! Muito bom!  A apresentação de Nielson foi um sucesso e sem dúvidas o seu projeto na área educacional chamará atenção do governo estadual se seguir adiante!


Download direto

A próxima palestra foi com Cirdes (@cirdeshenrique)  sobre construção de bots com Python e Twitter. Uma ótima palestra introduzindo aos interessados em construir robôs que se comuniquem com a rede social Twitter e conversam com o usuário provendo serviços por meio desta rede. No demo do Cirdes ele comentou sobre seu projeto, o  carteirabovespa (@carteirabovespa). Este bot (robô) permite que usuários por meio do Twitter possam acompanhar as cotações da Bovespa ou ações de empresas específicas.  A vantagem desse robô é que ele usa o próprio twitter como um canal de comunicação que interage com o usuário por meio de qualquer ferramenta que converse com Twitter. De acordo com Cirdes, Python facilitou bastante a construçao de robôs visto que o mesmo foi hospedado no servidor Google App Engine (que é gratuito até uma certa cota) e a comunicação se dá por meio de APIs REST disponibilizadas pelo Twitter para ferramentas terceiras possam ser integradas. Os bots foram escritos em Python e há todo um roteiro explicado resumidamente pelo Cirdes para a construção dos mesmos. Acredito que todos ficaram com vontade de montar seus robozinhos no Twitter. A menção também dos projetos @transitore e @tweetcomendas que são robôs do Twitter criados pelo membro do grupo Marcel (@marcelcaraciolo) mostram que há uma tendência da construção desses robôs pela rede social. O material está disponível abaixo (inclusive códigos-fonte).


Download direto

A última palestra do dia foi ministrada pelo Marcel (@marcelcaraciolo) sobre ‘Padrões de Projeto com Python – é possível ?’ . Ele lançou uma breve introdução sobre a aplicação de padrões de projeto em programas com Python. Uma ótima discussão foi gerada durante a apresentação com perguntas sobre encapsulamento (modificadores de acesso), implementação de classes abstratas , múltipla herança, etc. O mais legal foi o exemplo que Marcel trouxe sobre a implementação de um mecanismo de getters e setters em Python por meio do comando property. Abaixo segue a palestra dele.


Download direto

E assim finalizamos a nossa V edição do encontro do PUG-PE, com uma vasta coletânea de apresentações sobre Python em diversos domínios: Padrões de Projeto, Web, Reconhecimento/Interface Usuário-Máquina, Compiladores, .NET. Parabéns a todos envolvidos, sem dúvidas o próximo encontro teremos que trabalhar muito mais para superar a qualidade deste último. A todos presentes também, agradecemos e até a próxima!

Infelizmente, esquecemos de registrar o evento por meio de fotos. E nossa tentativa de gravar as palestras também foram frustradas visto que as pilhas da câmera do nosso colega Luciano falharam.  Na próxima iremos preparados!

Links para os assuntos comentados